FANDOM


Olney Cazarré
Olney Cazarré
Nascimento 14/05/1945 - 19/01/1991 (45 anos)
Cidade do Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Ocupação Ator, dublador, diretor, radialista, radioator e comediante

Olney Cazarré (Rio de Janeiro, 14 de maio de 1945 — Rio de Janeiro, 19 de janeiro de 1991) foi um ator, diretor, radialista, radioator, comediante e um dos principais dubladores brasileiro.[1]

BiografiaEditar

Com apenas três anos de idade participou do filme Mãe com seu irmão mais velho, Older Cazarré. Detentor de uma voz considerada irônica e versátil, trabalhou como dublador entre as décadas de 60 e 80 em estúdios de São Paulo. Na dublagem, seus trabalhos mais notáveis foram o Pica-Pau no clássico The Woody Woodpecker Show e o Coelho Ricochete em Coelho Ricochete e Blau-Blau. Na metade dos anos 1980, atuou na Herbert Richers.[1][2]

Morreu em consequência de graves problemas cardíacos devido a uma tromboangiíte obliterante, doença que impede a circulação do sangue,[1] na época em que interpretava o corintiano fanático "João Bacurinho" na Escolinha do Professor Raimundo.[3] Por causa da doença, Olney perdeu os movimentos de suas pernas e, posteriormente, precisou removê-las.

Trabalhos Editar

Na televisão Editar

Cinema Editar

Ano Título Papel
1987 Tanga Militar de Tanga
1980 Os Paspalhões em Pinóquio 2000 Kiko
1978 Doramundo Bentinho
1977 Antonio Conselheiro e a Guerra dos Pelados
1976 Passaporte para o Inferno André [7]
Quando Elas Querem ... e eles não Pantaleão
1975 O Super Manso Neco
1973 A Super Fêmea Médico
O Detetive Bolacha Contra Gênio do Crime
1948 Mãe [2] Filho de Maria

Como dublador[8] Editar

Dentre seus diversos trabalhos como dublador, destacam-se:

Referências

Ligações externas Editar

Predefinição:Esboço-ator